Sexta-feira, 10 de Agosto de 2007

Quando o Cu começa a cheirar a chamusco... é foder os ingleses

Eu sei que costumo vir praqui brincar com mil e uma coisas, mas hoje estou danado.

Acho que a novela Maddi, já se alongou demasiado. Mas isto é a minha opinião. Para começar, desapareceram vários miudos portugueses, que nós devemos proteger e cuidar, e pouco ou nada se falou, porquê? Será que somos uma raça inferior? Pois bem, eu acho que não. Acho mesmo que somos superiores aos outros, com muito menos conseguimos muitos melhores resultados. Mas isso agora não interessa.

O caso da maddy, que chocou todo o mundo e arredores, sempre teve, da parte dos jornalista PORTUGUESES, e não só, uma cobertura e mesmo um carinho muito especial. Tiveram sempre cuidado ao tratar do tema, tentaram não intreferir muito, mas sempre fizeram a cobertura, que eu chamo de propaganda não paga, do caso.

Pois bem, ontem, já eu estava farto do caso, os cabrões dos ingleses, que não tem outro nome, e os país (se é que assim podem ser chamados) da criança desaparecida, tiveram uma conferencia de imprensa. Até aqui algo normal. O anormal é terem barrado a entrada aos jornalistas PORTUGUESES no seu próprio país. Desculpem, mas em PORTUGAL ainda mandamos nós. Eles alegaram que os portugueses andam a levantar calunias aa respeito do casal que diz ter uma filha desaparecida, não é possivel.

Isto irrita-me solenemente, porque eles devem pensar que nós somos umas putas (com todo o respeito que elas me merecem) ao utilizarem a nossa imprensa quando querem e quando lhes apetece e depois a acusarem de nós estarmos a levantar calunias e a intreferir com a investigação!!! É inacreditável.

Mas eu digo mais, a culpa tambem foi dos nosso jornalistas, e muito mais de quem lhes alugou o espaço para a conferencia. Isto porque se fosse eu, ou qualquer PORTUGUES que se sinta, haviamos de entrar nem que fosse pelos canos de esgoto, já que eles nos querem deixar na merda.

Eu nunca tive uma predilecção pelos ingleses. Eles sempre nos tentaram tramar. Foi o mapa cor de rosa, foi no futebol e agora é um casal de novas estrelas assassinas que nos querem fazer passar por burros.

Eu digo estrelas assassinas, porque ninguem me tira da ideia que a miuda morreu às mãos deles. Eu afirmei isto logo no inicio, e a minha mãe e outros elementos da familia disseram que eu era maluquinho que não podia ser. Pois bem, agora já começam a duvidar e a pensar que se calhar eu até posso ter razão.

Eu tenho uma teoria para o que aconteceu, que foi a que apresentei à minha familia.

A miuda morreu no dia anterior a ser dado o alarme do seu desaparecimento. Numa altura em que a miuda, por alguma razão, fez asneiras, o pai da-lhe uma bofetada que faz com que a miuda bata com a cabeça na binca da mesa que estava no meio da sala. A criança não chora e é então que os país entram em parafuso.

Como são pessoas de certo nivel entre os ingleses, para nós deviam ser merda, não podiam dizer que o marido tinha matado a filha. Com todo esse problema é preciso encontrar uma solução. A solução passa por chamar o senhor Murat, que por sinal tem um caso amoroso com o casal, que é praticante de Swing, e pedir-lhe para fazer desaparecer o corpo. O murat, como tem uma paixão pela mãe da criança, acede a faze-lo, mas para tal tinham de criar um halibi perfeito. Que alibi poderia ser melhor, que um jantar do casal num restaurante perto, uma janela aberta e um rapto?

O plano tinha tudo para dar certo. Para complicar mais as coisas à policia, o senhor Murat, ofereceria-se como interprete para que eles não se descaissem durante os interrogatorios.

Com tudo planeado é só preciso dar inicio ao caso. Nada mais facil. Teriam que esperar pela noite seguinte? Talvez não, seria mais doloroso. É então que limpam tudo e tratam de fazer tudo naquela noite. Os pais saem para jantar, dizem que vão de meia em meia hora ver as crianças e nunca mais lá aparecem, a janela é aberta, e a criança desaparece.

Onde está a criança? Foi levada pelo senhor Murat para um sitio hermo (agora encontrado pelo cão farejeiro) que eles nunca pensaram vir a ser descoberto.

Isto é o que se passou.

Se repararem há coisas que não me deixam mentir. Uma mãe, que lhe desaparece uma filha, nunca aparece na televisão no dia seguinte, tranquila, sem derramar uma lagrima.

Se vocês repararam, ela só chora quando entra numa igreja para ser celebrada a missa em honra da menina, ou para ela fazer de conta que vai orar. E sabem porque? Porque eles nunca pensaram que as coisas podessem ter um impacto tão grande. E esse impacto foi à custa de quem? Da imprensa PORTUGUESA. A mesma imprensa que eles agora descartam, porque? Porque já estão a perder o control e ninguem os deixa em paz.

Eles, que já ganharam muito dinheiro a custa disto tudo, não sabem agora como fugir deste circo. As portas estão fechadas, os leões estão á solta e o cu deles já começa a cheirar a chamusco.

Como se explica, que dias depois de ter desaparecido a filha, eles vão passear para a praia de mão dada, descansados, para os fotografos fazerem fotografias?

Como se explica que eles ontem, fossem à porta de um hotel para serem filmados e fotogradafos a sair de lá, só mesmo para a imagem?

Porque é que eles não quiseram abandonar logo o local do "crime" e agora já nem lá perto querem estar?

Eles estão a encenar a coisa, estão a tentar tirar a atenção do local onde tudo passou. Agora não querem estar no local do crime ou perto dele, porque a memoria começa a atraiçoa-los, começam a ter pesadelos.

É impossivel que eles ponham em causa o que fez a nossa policia por eles. Ele começam a por em causa porque eles começam a acabar o puzzel e tudo dá para os McCann.

Eu sou PORTUGUES e acho que eles deviam ser mandados para Inglaterra, coisa que eles tambem não querem fazer, se calhar por vergonha do que fizeram, onde a imprensa para eles é melhor, onde a casa real tem mais escandalos que a nossa, onde o futebol deles  dizem ser melhor, mas vem buscar os nossos jogadores, onde tudo para eles é melhor.

Porque vieram para cá?

A imprensa deles já desmobilizou mt gente que fazia a cobertura do acontecimento... Eles até pelos jornalistas do seu país são desprezados.

Nós deviamos despreza-los tambem. Eles não merecem o nosso tempo, a nossa concideração, o nosso carinho.

Nós somos maus para eles? Pois sejamos mesmo maus, para eles terem do que se queixar realmente, e voltemos a procurar os nosso filhos, o Rui Filipe e outros como ele que não tiveram um terço do esforço que estes Ingleses de merda tiveram.

Nós não precisamos deles, queremos que eles se fodam. Nós deviamos procurar os nosso filhos, que foram mesmo raptados, não os filhos de ingleses de merda que saem para jantar e deixam ao abandono os pequenos.

Tenho orgulho de saber que em PORTUGAL ainda há, a maioria, dos pais que se preocupam com os filhos e não os deixam abandonados para irem laurear a pevide.

Para que eles me entendam:

FUCK YOU McCANN!!

sinto-me: Irritado, revoltado

publicado por sensei às 10:43
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

 

.Agosto 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. Quando o Cu começa a chei...

.arquivos

. Agosto 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Contador

letras de canciones
SAPO Blogs

.subscrever feeds