Quinta-feira, 14 de Junho de 2007

Teoria do presente

Já a muito que nao escrevo aqui e nao sei bem o que escrever. esta e a mais pura verdade. Mas tambem eu nao sei o que escrever, mas ha prai tanto politico e/ou figura publica que tambem nao sabe o que diz e nao se cala, que eu tambem tenho de escrever sobre algo estupido ou escrever algo estupido.

Gostava hoje de falar sobre o presente. Aprendemos que o presente e um tempo verbal e que usamos para falar sobre o que estamos agora a fazer ou a pensar, algo qeu se passe agora, mas ha algo que eu nao sei: sera que ha presente?

Eu acho que o presente nao existe e que desde de pequenos que somos enganados a este respeito.

Eu quando acabar de escrever este texto que nao tem logica nenhuma, ja o escrevi no passado.

Quando damos um beijo, algo tao nobre, quando desencostamos os labios ja e passado.

Quando as mulheres e os panilas, poem creme na cara, algo tao feminino, quando acabam ja e passado.

Eu acho que ou ha futuro ou passado, porque o presente e imprecectivel.

Imaginemos que temos vontade de largar uma peido, algo tao masculino se for sonoro e fedorento. Neste caso temos o futuro e o passado logo de seguida, porque o presente quase nao existe. Ou melhor pode existir se o peido for molhado. Mas vejamos:

Homem que se preze avisa sempre que se vai peidar:

    - "Vou largar um peido", "Vou cagar-me", "Vou abrir as abufadeiras", "Ai vem bomba". Isto e a avisar o futuro.

A partir do momento que comeca a sair o valente peido, passa logo a ser passado. Para ser presente, admito que tem que ser um grande peido e tem que dar tempo para um gajo dizer com calma: "tou a mandar um peido".

Ai consegue ser presente porque esta a acontecer quando um gajo esta a falar.

Mas quando acabar o peido ou a frase, tudo passa a ser passado. O presente depois so pode ser considerado, quanto muito, o cheiro. Isto se for verdadeiro cheiro, porque se desaparecer depois de 30 segundo, nao se pode dizer que seja cheiro, quanto muito sera aroma.

Mesmo numa frase, quando a acabamos, ja o inicio esta no passado.

Eu acho que nao ha presente.

Esta foi a minha teoria estupida ao melhor estilo governo de Socrates. Teoria sem nexo, estupida, sobre tema que nao interessa e sai uma grande merda. No final e so perda de tempo.

 

Ate a proxima rapaziada, mocoilas e paneleiragem.


publicado por sensei às 17:34
link do post | comentar | favorito

.Relogio

relojes web gratis

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

 

.Agosto 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. O desporto mais gay dos J...

. Vou montar uma empresa co...

. INEM tem vida dificil

. gangs? se calhar nao...

. COMPROMISSOFOBIA - A fobi...

. F. C. Porto prepara expos...

. Horoscopo

. É MAIS UMA VERGONHA

. Mudar de vida é foda

. Há mais um tipo de carro,...

.arquivos

. Agosto 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Contador

letras de canciones
SAPO Blogs

.subscrever feeds