Sexta-feira, 3 de Agosto de 2007

As mulheres - explicações

Pois é, eu hoje venho cá falar de mulheres.

Se leram o que eu escrevi a algum tempo atrás, eu agora já me posso considerar um Homem, um verdadeiro Homem. Não se enganem, eu fiquei inapto na tropa, posso ser Homem porque já tive a minha primeira experiencia sexual. É verdade. Claro que agora, como qualquer Homem que já tenha dado a sua primeira caibrada, eu sou um expert em mulheres e sexo.

Ainda não sei muito bem como funcionam as mulheres, não trazem livro de intruções e, mesmo falando a mesma lingua que eu, nunca as consigo perceber.

Se vocês já repararam, e eu já reparei porque já sou muito batido em mulheres, ou melhor, batido por mulheres (é que levo cada estoiro delas de vez em quando...), as mulheres são a máquina mais complicada à face da Terra. Isto pode ser estranho, mas é as mais pura verdade, se não vejamos.

Um computador diz que tem falta de bateria. E o que tem o computador? Falta de bateria.

A impressora queixa-se por falta de tinteiro. E o que tem a impressora? Falta de tinteiro.

Uma maquina de lavar loiça não funciona porque não está ligada a electricidade. O que precisamos de fazer? Liga-la a electricidade e já funciona.

Um carro tem um pneu em baixo. O que fazemos para ficar tudo bem? Trocamos o pneu e mandamos consertar aquele.

Isto é o que acontece com a maioria das maquinas. Estas máquinas não nos mentem, dizem o que precisam de forma clara e objectiva, nós damos o que precisam e elas felizes da vida continam com o seu trabalho.

A mulher não é assim. A mulher é muito mais complicada. Eu poderia dizer que a mulher é mais complicada que provar que o Sócrates é engenheiro. E porquê?

Vejamos:

Uma mulher está com má cara. Perguntamos: "O que foi?" Resposta: "Não foi nada". O que é que nós fazemos? Assumimos a resposta como correcta e verdadeira e seguimos em frente. ERRADO. Ela quer dizer que se passa algo, que nos quer contar, mas que temos que insistir mais um bocadinho. E o mais importante é que ela acha que os culpados somos nós.

Uma mulher elogia a roupa de uma amiga, mas diz que a ela não lhe ficaria bem aquele tipo de roupa. O que é que nós pensamos? Ela não quer aquela roupa, ela até tem mais calças e saias que eu tenho peças de roupa no total. ERRADO. Ela quer dizer que quer uma roupa como aquela, embrulhada, e dois numeros abaixo do da amiga, para se lhe servir poder dizer que a outra esta gorda, e se não servir para dizer que nós somos estupidos, já não olhamos para ela e que a fazemos sentir gorda. Elas tem que ter sempre em quem descarregar as frustações.

Uma mulher diz que precisa de ir ao cabeleireiro. E nós prontificamo-nos, porque depois queremos dar a nossa caibrada, a ir com elas e a pagarmos. Isto até seria bonito e a rossar o romântico, se a ida ao cabeleireiro não fosse para passar uma tarde inteira a falar das vizinhas todas, e depois ir comer um gelado e ir comprar uma roupinha que lhe faz mesmo falta, mas que por sinal é quase, quase igual a uma que ela tem pendurada no guarda-fato e que só vestiu uma vez. Resultado? Nós é que inchamos a pagar isso tudo se não..., não damos caibrada nenhuma.

Mas as mulheres ainda são mais complicadas que nestas situações de respostas envenenadas. Se voces repararem elas gostam muito de fazer perguntas para as quais já sabem a resposta ou para as quais irão sempre dar uma resposta diferente da nossa.

Aparecemos podres de bebedos em casa, depois de um jogo de futebol na colectividade do fundo da rua. Pergunta delas: "Onde estiveste até a esta hora?" (Sem nos deixarem responder e logo de rajada, mais duas perguntas) "Isto são horas de chegar?""Não tens vergonha de vir nesse estado?"

Que podemos nós responder? Elas sabem que tivemos na colectividade a jogar futebol. Se vimos bebedos é normal que tivessemos a seguir na tasca. Agora expliquem-me o porque da pergunta "Isto são horas de chegar?" São sempre horas de chegar e de partir, depende da vontade de cada um. Claro está que neste caso também depende das cervejas e dos amigos, mas isso não interessa. E perguntam se temos vergonha porquê? Um gajo bebedo, não é certo, mas é quase certo que vai chegar a presidente dos vermelhinhos do garrafão, ou agora conhecidos como os BICHAS COR DE ROSA. Elas não querem que nós ganhemos dinheiro?

Depois há sempre aquelas perguntas que elas fazem, tipicas das mulheres:

"Estou gorda, não estou?" Ela já estão a dar a resposta, porque nos fazem a pergunta? Se respondemos que estão, e até pode ser verdade, elas começam a chorar, chamam-nos de monstros sem sentimentos, saem do quarto e não nos dão pito durante uns tempos. Se dizemos que não estão, chamam-nos de mentirosos, dizem que tem espelhos, saem do quarto de trombas e não nos dão pito durante uns tempos. Nós tamos sempre lixados.

Claro que isto só é bom para quando queremos ver o futebol descansados. Respondemos, elas vão embora, qualquer que seja a resposta, e depois já não nos chateiam durante o jogo.

Outra pergutna é: "Ainda gostas de mim como antes?"

Desculpem, mas como antes de quê? O casamento é uma reviravolta importante na vida de qualquer Homem. Nada é como antes. Já não saimos tanto à noite para mirar garinas, já não apanhamos tantas borracheiras e passamos a ser servos dos carpichos das mulheres. Pito só quando elas querem, nós já não temos vontades. Comer é o que elas quiserem, afinal de contas elas é que estão sempre de dieta. E nós apanhamos sempre por tabela com estas cenas todas. Mas depois desta pergunta vem sempre umas interrogação que é: "não, pois não?" Se elas sabem que não para que fazem a pergunta?

Isto assim já é complicado, agora imaginem o que é quando elas nos dizem que não tem roupa nenhuma de jeito, que está tudo fora de moda.

Isto eu não percebo. Eu visto umas calças de ganga e estou sempre na moda. Visto uma t-Shirt e estou sempre na moda. Eu nem quero saber da moda para nada, a moda sou eu que a faço, eu faço, como todos os Homens, a nossa moda. Mas as mulheres não. Tem um armário cheio de roupa que na feira, a vender a 50 centimos, ainda dava uns trocos jeitosos para comprarmos um bom carro, mas nunca tem roupa nenhuma de jeito. Uma T-Shirt, que é igual a todas as outras que ela tem em casa, na segunda gaveta da cómoda, está na moda porque diz a frente: "Libertem as baleias brancas dos Alpes". Só por isto é que já não estão na moda, porque o dizer é diferente, e a cor do tecido tambem? Que tem o tecido ser mais escuro ou mais claro? Por exemplo, azul, não é sempre azul quer seja escuro ou claro? Para mim é.

Bem mas complicação é as cores das mulheres. Para os homens as cores são as básicas e chega muito bem. Depois definimos entre escuro e claro e chega. Para as mulheres não. O azul pode ser azul, azul mar, azul bebé, azul céu, azul turquesa, azul qualquer coisa. Não é tudo azul? Eu nunca vi nenhum bebé azul. O céu é azul de dia, mas preto á noite, e isto se não tiver nuvens. O mar, com tanta poluição e dependendo das algas, as vezes parece mais verde que azul, e se houver derramamento de crude é preto e não azul. Depois temos o salmão. Para mim é um peixe, para elas é um peixe, que por sinal faz bem a mil e uma coisas que elas sabem, mas que não comem porque faz mal a uma ou duas outras coisas. Mas para elas tambem é uma cor.

Champagne, para mim é uma bebida que dá para apanhar a bebedeira. Para elas é uma bebida para brindar em festas ou cenas romanticas, mas tambem é uma cor que se utiliza nos vestidos de noiva.

E o cumulo é branco sujo. O que é o raio do branco sujo? Não pode ser uma cor defenida. Vai sempre depender com o que sujamos o branco. Aquilo ou é branco ou então é uma nódoa, nunca poderá ser um branco sujo.

Eu gostava de ter um livro de instruções das mulheres, a sério que gostava. Nós Homens somos muito mais directos e simples.

Se alguém me quiser ajudar a elaborar um livro de instruções das mulheres, é favor dizer.

 

Beijinhos e apalpões as mulheres, e umas cores para os Homens, já que nas mãos das mulheres somo uns palhaços, pelo menos vamos andar pintados também.

Por falar em pintados, faltou essa parte nas mulheres... Mas eu falo disso noutro post.

sinto-me: Bem, com os anjos..lol

publicado por sensei às 13:11
link do post | comentar | favorito
8 comentários:
De fofinhatuga a 3 de Agosto de 2007 às 15:24
Quem te disse a ti que nós tb nao mandamos as nossas traulitadas sem amor???


De sensei a 3 de Agosto de 2007 às 15:26
Mandão? Não é isso que me dizem. :P


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

 

.Agosto 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. O desporto mais gay dos J...

. Vou montar uma empresa co...

. INEM tem vida dificil

. gangs? se calhar nao...

. COMPROMISSOFOBIA - A fobi...

. F. C. Porto prepara expos...

. Horoscopo

. É MAIS UMA VERGONHA

. Mudar de vida é foda

. Há mais um tipo de carro,...

.arquivos

. Agosto 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Contador

letras de canciones
SAPO Blogs

.subscrever feeds